Últimas Notícias:

Lamentamos, mas não foi encontrado nenhum artigo.

Siga-nos:

Topo

Dedos em Martelo

O dedo em martelo é uma deformidade digital no segundo, terceiro, quarto ou quinto dedo e caracteriza-se pela flexão do dedo na articulação média, assemelhando-se a um martelo.
Os dedos em martelo podem ter calos no cimo das articulações dos dedos afectados ou na polpa dos dedos e podem também causar.

O dedo em martelo é resultado do calçado incorrecto ou de um desequilíbrio muscular, geralmente em combinação com mais factores. Os músculos trabalham em pares para extender e flectir os dedos do pé. Se os dedos forem dobrados e mantidos nessa posição por um determinado tempo (suficientemente longo), os músculos atrofiam não podendo voltar à sua posição original.

Os sapatos estreitos ou bicudos podem fazer o pé mais pequeno e elegante, mas também forçam os dedos a uma posição flectida. Assim, os dedos friccionam contra o sapato, podendo dar origem à formação de calos, o que agrava ainda mais o problema. Um salto mais elevado força o pé para baixo e aperta os dedos contra o sapato, aumentando a pressão e a curvatura nos dedos.

Dedos em Martelo

O dedo em martelo é uma deformidade digital no segundo, terceiro, quarto ou quinto dedo e caracteriza-se pela flexão do dedo na articulação média, assemelhando-se a um martelo.
Os dedos em martelo podem ter calos no cimo das articulações dos dedos afectados ou na polpa dos dedos e podem também causar.

O dedo em martelo é resultado do calçado incorrecto ou de um desequilíbrio muscular, geralmente em combinação com mais factores. Os músculos trabalham em pares para extender e flectir os dedos do pé. Se os dedos forem dobrados e mantidos nessa posição por um determinado tempo (suficientemente longo), os músculos atrofiam não podendo voltar à sua posição original.

Os sapatos estreitos ou bicudos podem fazer o pé mais pequeno e elegante, mas também forçam os dedos a uma posição flectida. Assim, os dedos friccionam contra o sapato, podendo dar origem à formação de calos, o que agrava ainda mais o problema. Um salto mais elevado força o pé para baixo e aperta os dedos contra o sapato, aumentando a pressão e a curvatura nos dedos.

Dedos em Garra

À semelhança dos dedos em martelo, os dedos em garra podem ter origem em calçado desadequado (por exemplo salto alto) que apertam os dedos. No entanto, o dedo em garra muitas vezes é resultado de danos no nervo, causado por doenças como a diabetes, que enfraquecem os músculos do pé.

O dedo em garra caracteriza-se pela flexão dos dedos dentro dos sapatos, podendo originar calos dolorosos. Caso não se efectue qualquer tratamento, o dedo em garra tende a piorar e pode transformar-se numa deformidade permanente. O dedo em garra geralmente é suave e flexível ao início, mas endurece com o tempo.

Conselhos:

Utilize sapatos com a zona dos dedos macias, espaçosas e evite sapatos de salto e/ou apertados (os sapatos devem ter, pelo menos, mais um centímetro que o dedo maior)

Uma “almofada” personalizada, feita pelo seu podologista, pode redistribuir o peso e aliviar a pressão

Manualmente estique os dedos do pé e articulações para as posições normais

Exercite os dedos do pé usando-os para agarrar berlindes ou uma toalha colocada no chão.

Dedos em Garra

À semelhança dos dedos em martelo, os dedos em garra podem ter origem em calçado desadequado (por exemplo salto alto) que apertam os dedos. No entanto, o dedo em garra muitas vezes é resultado de danos no nervo, causado por doenças como a diabetes, que enfraquecem os músculos do pé.

O dedo em garra caracteriza-se pela flexão dos dedos dentro dos sapatos, podendo originar calos dolorosos. Caso não se efectue qualquer tratamento, o dedo em garra tende a piorar e pode transformar-se numa deformidade permanente. O dedo em garra geralmente é suave e flexível ao início, mas endurece com o tempo.

Conselhos:

Utilize sapatos com a zona dos dedos macias, espaçosas e evite sapatos de salto e/ou apertados (os sapatos devem ter, pelo menos, mais um centímetro que o dedo maior)

Uma “almofada” personalizada, feita pelo seu podologista, pode redistribuir o peso e aliviar a pressão

Manualmente estique os dedos do pé e articulações para as posições normais

Exercite os dedos do pé usando-os para agarrar berlindes ou uma toalha colocada no chão.

Dedos Sobrepostos

Os dedos sobrepostos provocam vários problemas no dia a dia e ocorrem sobretudo devido ao mau apoio plantar durante a marcha.

Esta deformação ocorre quando um dos dedos do pé está sobreposto ao adjacente, de uma forma geral afecta o 5º e o 2º dedos do pé.

Para mais informações sobre dedos sobrepostos, marque uma consulta com a sua Podologista da Doutorpé.

Dedos Sobrepostos

Os dedos sobrepostos provocam vários problemas no dia a dia e ocorrem sobretudo devido ao mau apoio plantar durante a marcha.

Esta deformação ocorre quando um dos dedos do pé está sobreposto ao adjacente, de uma forma geral afecta o 5º e o 2º dedos do pé.

Para mais informações sobre dedos sobrepostos, marque uma consulta com a sua Podologista da Doutorpé.

*AO SUBMETER ESTE FORMULÁRIO, ESTÁ A DAR O SEU CONSENTIMENTO PARA A RECOLHA E PROCESSAMENTO UNICAMENTE PARA EFEITOS DE CONTACTO. SAIBA MAIS AQUI.

Entre em contacto connosco

A Clínica de Podologia DOUTORPÉ surgiu no Outono de 2005 tendo sido a primeira clínica dedicada exclusivamente à Podologia na zona centro de Portugal. Com o intuito de melhorar a qualidade de vida dos que a ela recorrem, a DOUTORPÉ oferece um ambiente fresco e límpido, bem como simpatia e disponibilidade no atendimento.

Siga-nos no Facebook

Entre em contacto connosco

A Clínica de Podologia DOUTORPÉ surgiu no Outono de 2005 tendo sido a primeira clínica dedicada exclusivamente à Podologia na zona centro de Portugal. Com o intuito de melhorar a qualidade de vida dos que a ela recorrem, a DOUTORPÉ oferece um ambiente fresco e límpido, bem como simpatia e disponibilidade no atendimento.

*AO SUBMETER ESTE FORMULÁRIO, ESTÁ A DAR O SEU CONSENTIMENTO PARA A RECOLHA E PROCESSAMENTO UNICAMENTE PARA EFEITOS DE CONTACTO. SAIBA MAIS AQUI.

Siga-nos no Facebook